Arquivo de etiquetas: Umbiguismo

Todas falharam no terceiro

CDS surpreendeu e só um estudo de opinião deu mais votos aos partidos da Direita juntos.

O terceiro lugar conseguido pelo CDS contrariou as sondagens publicadas nas vésperas das eleições. Não foi o BE o mais votado após o PSD e o PS. Quanto ao último lugar, só uma não acertou na CDU. E apenas uma também deu vantagem à Direita unida.

Dos 36,56% de votação nos socialistas, quatro sondagens estiveram a cerca de 1,5% de distância, uns para menos, outros atribuindo uma maior percentagem do que aquela que viria a verificar-se. Um dos estudos de opinião duplicou essa margem de erro.

A sondagem publicada no Jornal de Notícias foi uma das que deram mais 1,5% ao PS, atribuindo 38% ao vencedor. E a distância em relação ao PSD foi de 8%, semelhante à do escrutínio, que é de 7,47%. Ou seja, o estudo deu 30% ao PSD em vez de 29,09%.

As previsões lançadas pelo Público e TVI foram muito próximas também: 38% para o partido de José Sócrates e 29,9% para o de Ferreira Leite. A distância prevista pelo Correio da Manhã entre os dois era ainda maior, de 9,7%. Mas foi o que esteve mais perto do resultado conseguido pelo PSD.

A distância menor surge na sondagem do Expresso e SIC: apenas 34,9% para o PS contra os 31,6% dos sociais-democratas. Foi nos resultados previstos pelo Diário Económico e TSF que o partido do Governo chegou mais longe, com 40%, ou seja, mais perto da maioria absoluta.

O BE manteve-se, nas sondagens publicadas até dia 25, no terceiro lugar, com uma votação entre os 9% atribuídos no Diário Económico e os 11% publicados no JN e DN. O CDS-PP ficou, em todas, no quarto lugar, com excepção para o Público e TVI. Neste caso, eram atribuídos mais votos à CDU, com 8,4% contra os 7,7% dos democratas-cristãos. Ou seja, só aqui os comunistas não ficaram na última posição, enquanto, no Expresso, surgiu um empate entre CDS e CDU em termos de percentagem. Os resultados de ontem vieram confirmar o pior cenário para Jerónimo de Sousa: apenas 7,88% contra os 9,85% do BE e os 10,46% do CDS-PP.

Entretanto, se o partido de José Sócrates conseguiu 36,56%, os dois maiores partidos de Direita somam 39,55%.

Voltando às sondagens, aquela que foi publicada pelo Jornal de Notícias dava os mesmos 38% à Direita do que ao PS sozinho. No Público, CDS e PSD somavam 37,6% contra os 38% socialistas. A sondagem do Correio da Manhã previa 37,7% para os dois partidos de Direita e 38,8% para o PS. No Diário Económico, a distância foi mais curta, dos 39,8% totalizados por CDS e PSD até aos 40% do PS.

Apenas no estudo de opinião divulgado pelo Expresso, SIC e Renascença, os dois partidos da Direita conseguiram ultrapassar juntos a percentagem dos socialistas. Neste caso, a soma foi de 40% contra os apenas 34,9% previstos para o PS.

INCOMPETENTES

Até eu acertei.

Para lembrar as minhas previsões de dia 25:

PSD: 31,12

PS: 31,09

CDS/PP: 9,99

BE: 9,98

CDU: 6,50

Pois, eu sei. Errei no vencedor, mas também não conheço ninguém que viva do RSI. 😆

Mas estava a fazer uma sondagem tendenciosa como as outras e pronto, foi no que deu.

Se alguma empresa de sondagens utilizasse os meus dados, quem sabe se não seriam estes os correctos.

E mais, não utilizei aquelas margens de erro que dão para qualquer lado. Foram tiros certeiros, às centésimas.