4 opiniões sobre “Num País digno…”

  1. Num país digno, esta personagem nunca seria ministra. Muito menos da Educação!
    Uma personagem que insiste em ser conhecida por um pseudónimo, só pode ser algo que ’tá’ a precisar ‘memo’ de tratamento.
    Olhe, fofa, vá ‘pa’ um SPA e deixe-nos em paz!

Os comentários estão fechados.