EVT – Ponto de Situação


No dia de ontem reuniu a Comissão de Educação onde foi debatido a questão do par-pedagógico em EVT.

No próximo dia 3 de Março está agendada a Apreciação parlamentar 92/XI do CDS, a Apreciação Parlamentar 90/XI do PCP e não tenho ainda a informação que a Apreciação Parlamentar 94/XI do BE esteja também em debate nesse dia.

O dia 3 de Março parece ser efectivamente o dia D no que respeita à continuação ou não da existência do par-pedagógico na disciplina.

Foi possível encontrar na página do FB da APEVT um relato de esperança sobre a reunião realizada ontem na Comissão de Educação e Ciência.

‎1. A importância da APEVT presente. Sentiu-se. O estar presente, com calma e serenidade (mesmo que por vezes as transpirar por poder levantar o braço e poder falar) fez-se notar. Estivemos e estaremos sempre que for necessário. É a nossa c…ausa, a nossa LUTA, a da APEVT e dos professores de EVT;
2. Chegada a apresentação e discussão dos projectos de resolução, apresentam PCP,PEV e CDS-PP. Defesas “quentes”, de quem nos leva nesta luta, de quem assume a causa. Acrescenta o BE com mais lenha a aquecer o calor já intenso da EVT… Já todos sabem o que é a EVT, a sua importância…;
3. O PEV por Heloísa Apolónia até refere os postais recebidos,os convites para assistir a aulas de EVT (vários acenos que sim de muitos deputados);
4. O Presidente da Comissão diz que ainda não receberam convites nem postais mas que estão abertos a isso;
5. PS tenta argumentar. Mas um erro: par pedagógico reforma de 1988? O ministério não disse que era 2001 na resposta ao PEV? Argumentam outra vez a questão da formação dos professores de EVT… Sinceramente haja paciência… Apeteceu levantar o braço…;
6. Heloísa Apolónia pergunta à deputada Helena Rebelo do PS o que temo GP do PS a dizer sobre o parecer do CNE.A resposta é: “nada temos a dizer”…;
7. Afinal, parece que há um grupo de trabalho, comissão, a tratar disso, da argumentação, do estudo que sustenta a eliminação do para pedagógico em EVT. Refuta Emídio Guerreiro ironicamente: Ahhh, depois de publicado? Agora?
8. Termina ao fim de cerca de 40 minutos. Grande elevação no debate. Aproximar da mesa da reunião. Seriedade já que o Presidente da Comissão alertou que “os professores de EVT” estavam presentes. O relatório fica para ser entregue no parlamento…

Terminada a sessão, Ana Drago, Rita Rato, Heloísa Apolónia, Michael Seufert e João Prata dirigem-se ao presidente da APEVT para uma breve troca de palavras informal. A deputada Helena Rebelo cumprimenta-nos…

Das conversas informais, diga-se: A NOSSA LUTA NUNCA SE ESPEROU TÃO FORTE E ACESA. Tem que CONTINUAR (dizemos nós).

O Dr. João Prata (PSD) diz que nada está decidido e elogia o trabalho, organização e o nosso empenhamento. HÁ QUE CONTINUAR.

A APEVT VAIS CONTINUAR, COM MAIS FORÇA, CADA VEZ MAIS! E TU COLEGA? QUANTOS MAIS COLEGAS CONSEGUES TRAZER PARA ESTA LUTA?

Pela EVT, estamos a fazer o que nunca tinha sido feito.
Pela EVT, um por todos e todos por DOIS! Somos todos EVT.

(Colegas, este é o resumo possível mas achamos, suficientemente esclarecedor. Grande parte deste desfecho está nas nossas mãos, continua nas nossas mãos. TODOS JUNTOS, PELA EVT, PELA EDUCAÇÃO ARTÍSTICA E TECNOLÓGICA )

APEVT

Um pensamento em “EVT – Ponto de Situação”

Os comentários estão fechados.