Ora diga lá outra vez…


Governo não rejeita novo imposto para a saúde

A ministra da Saúde, Ana Jorge, não rejeita a hipótese de um imposto para a saúde, mas acha que ainda não é o tempo.

Em entrevista ao programa “Terça à Noite”, da Renascença, Ana Jorge afirma que, para ser criado um novo imposto para a saúde, é necessária uma alteração na Constituição.

Malandros daqueles tipos da direita que querem acabar com o Serviço Nacional de Saúde.

Anúncios