Afinal…

… o Professor Marcelo considera que o interesse público deve pesar mais na decisão judicial sobre a redução dos salários.

Marcelo dá no entanto razão ao governo na questão dos cortes salariais da Função Pública, depois de terem sido interpostas providências cautelares nos tribunais administrativos para impedir a aplicação da medida. Sem querer manifestar-se sobre a constitucionalidade da medida, Marcelo deixou escapar: “Eu obviamente daria razão ao governo” dizendo que do ponto de vista do interesse pública “é evidente”.

httpv://www.youtube.com/watch?v=w0TzNncQ5ag