Curiosidades


Voyager 1 atinge “fronteira” do sistema solar

Desde 1977 que a Voyager 1 tem explorado os planetas Júpiter e Saturno. Esta semana, os cientistas envolvidos na missão crêem que a sonda chegou ao que se entende ser a fronteira do sistema solar.

Curiosidades das Voyager 1 e 2

Projectadas para recolher dados científicos, imagens e sons dos planetas do nosso sistema solar, as sondas Voyager 1 e 2 são uma das maiores conquistas espaciais da NASA.
Lançada em 5 de Setembro de 1977, a Voyager 1 visitou Júpiter em 1979 e Saturno em 1980. A Voyager 2 foi lançada para o espaço 15 dias depois da primeira sonda, e chegou a Urano em 1986. Conseguiu a sua maior aproximação a Neptuno, no dia 25 de Agosto de 1989.

Os dois satélites transportam uma gravação de boas-vindas em 60 línguas, para além de uma selecção especial de músicas de várias eras e de diversas culturas, intitulada “Sounds of Earth”. O registo inclui ainda os sons do planeta Terra como o vento, os trovões, os pássaros, as baleias e outros animais.
A gravação dispõe de uma mensagem do ex-Presidente dos EUA, Jimmy Carter (1977 – 1981), e informação electrónica que qualquer civilização tecnologicamente avançada pode decifrar em diagramas, imagens, ou palavras impressas.

Às 23:41 horas de hoje a Voyager 1 encontra-se a 17,410,775,875 KM da Terra e a 17,290,788,785 KM do Sol enquanto que a Voyager 2 está a 13,188,701,243 Km da terra e a 14,068,005,403 Km do Sol.