Uma “greve” em período de PEC


… está a ser feita em Espanha pelos controladores aéreos.

Contra a opinião de alguns legalistas e puristas sobre esta forma de “greve” existe quem se movimente para não perder muito dinheiro e obter um efeito idêntico ou superior à de uma greve típica com perda de vencimento.

A apresentação de baixas médicas por parte dos controladores aéreos espanhóis paralisou todo o espaço aéreo do país.

70% dos controladores aéreos de Espanha já deixaram os seus empregos, alegando problemas físicos.

É do diabo, tanta gente doente ao mesmo tempo!

Anúncios

5 comentários a “Uma “greve” em período de PEC”

  1. – se tiver frio na sala de aula ou numa actividade, fora da sala de aula, mas em serviço na escola…, posso alegar que não tenho condições de trabalho e justificar ao abrigo de Falta Não Imputável ao Agente? O frio incomoda-me mesmo… salas, etc. que não aquecem … constipo-me com facilidade. Estou a falar a sério. Nos últimos dias, com o frio, nem conseguia raciocinar; trabalhar sem condições, às vezes tremendo de frio… acho que quase me constipava e depois tinha que faltar por atestado 4-5 dias. Sem aquecimento nas salas é, para mim, uma tortura.
    Alguém tem dicas? Pode-se alegar falta de condições de trabalho? E como Justificar, se for melhor não ir à escola ou vir-me embora por não aguentar o frio?
    Nem todos aguemtam o frio da mesma maneira: eu a tremer na sala e um, só 1, aluno de camisa.
    O frio incomoda-me imenso a ponto de não conseguir raciocinar. Pode-se alegar falta de condições e justificar com Falta Não Imputável?
    ?

Os comentários estão fechados.