Suspensos concursos já abertos na Função Pública


O ministro das Finanças mandou cancelar a partir de hoje a abertura de novos concursos na Função Pública bem como suspender os concursos já em curso, cujos interessados ainda não tenham sido notificados. Mais: nas situações de mobilidade interna iniciadas a partir de hoje o salário a receber pelo trabalhador não pode ser superior ao que recebia no posto de origem.

As normas excepcionais constam de um despacho de Teixeira dos Santos, publicado ontem em Diário da República e com efeitos a partir de hoje.

Despacho 15248-A/2010

E o TGV ainda nada? Será esta a moeda de troca para a abstenção do PSD?