Finanças Regionais: Deputado Socialista diz que a lei ficou “mais justa”


Mesmo sem liberdade de Voto há quem os tenha no sítio.

– O deputado socialista eleito pela Madeira adiantou que conversou com Francisco Assis sobre o seu sentido de voto mas que não lhe foi dada liberdade de voto.

– O deputado do PS Luís Miguel França disse hoje que aprovou as alterações à Lei das Finanças Regionais por tornarem o diploma “mais justo”, referindo que “não poderia ter votado de outra forma”.

No fim o deputado diz que o PS é “um partido plural e democrático” e que “provavelmente noutro partido não teria sido possível” votar a favor das alterações às Finanças Regionais.

Dentro em breve vais tirar a prova dos 9.

Sobre o choradinho de Teixeira dos Santos e sobre o possível Veto de Cavaco Silva deixo alguns links para compreender o que Lisboa tem feito ao restante País, já que o Ministro das Finanças falou em Justiça e Equidade.

Rui Rio denuncia Governo por desviar para Lisboa verbas destinadas ao Norte

Rui Rio classifica de «escândalo» desvio de verbas para Lisboa

Anúncios

1 comentário a “Finanças Regionais: Deputado Socialista diz que a lei ficou “mais justa””

  1. “Desde que assumiu funções no final de Outubro., o segundo Governo de José Sócrates ainda não teve tempo para aprovar o OE 2010, mas já nomeou 1361 pessoas, das quais 323 sem qualquer vínculo à Administração Pública. Entre os 1361, há 167 adjuntos, 265 assessores/colaboradores/consultores, 265 administrativos, 132 secretárias e 114 motoristas. A avaliar pelos despachos de nomeação em Diário da República, a maioria omissos quanto aos curricula dos agraciados, Cada um dos 55 membros do actual Governo já nomeou, em média, 18,2 pessoas para os respectivos gabinetes, ultrapassando as 1094 do primeiro Governo Sócrates e batendo os records de Santana Lopes (1034 nomeações) e Durão Barroso (1260).”
    In, opaisdoburro

Os comentários estão fechados.