Acordou tarde


Interessante como onze dias após alguém se lembra de “acordar“.

Já tinha comentado com colegas ter estranhado a pró-ordem não ter assinado o acordo, mas agora fazer isso quando o jogo acabou é que nunca pensei.

Se calhar disseram-lhe que se não assinasse não podia ir às reuniões seguintes. Oh!Oh!

Anúncios