A contradição das faltas como serviço lectivo efectivo

Na página da DGRHE foi colocado um pdf de faltas equiparadas a prestação efectiva de serviço para efeitos da avaliação.
Até aqui tudo bem, mas a interpretação da DGRHE no concurso de acesso a professor titular já não foi a mesma para efeitos de pontuação no factor assiduidade.

Mais uma vez se vem provar a desordem que vai na casa e a incompetência de quem gere o Ministério da Educação.